Nossa Senhora das Dores e SAL vão apresentar animações para os alunos

Dirigido pelas Irmãs da Imaculada Santa Clara, uma Congregação Católica fundada na Itália, o Colégio Nossa Senhora das Dores formulou parceria com a SAL – Sociedade de Artes e Letras de São Gonçalo e com o Estúdio Alexandre Martins – único especializado em animação, no Município – para que, mensalmente os alunos possam assistir a animações conforme a faixa etária, oriundas do Brasil e de outros lugares do mundo.

A reunião entre o Colégio e a SAL teve as presenças da Irmã Deise – responsável pelo ambiente de vídeo e pela Educação Infantil –  e de Frederico Carvalho e Sônia Bianquini, respectivamente diretor e diretora substituta do Colégio. A SAL foi representada pelo presidente Alexandre Martins, também atual presidente do Conselho Municipal de Cultura. O encontro contou com a aprovação da Madre Regina (Maurizia) Benedetti, superiora da Associação Educacional.

Alexandre Martins (SAL), irmã Deise e a Profa. Sônia Bianquini.

Já no mês de março, a equipe da Irmã Deise escolherá as animações que farão parte da exibição para os pequenos.

Os pais e responsáveis presentes à Reunião de Pais, no último dia 11, ficaram muito contentes com a iniciativa, que é apenas a primeira de muitas que ocorrerão durante o ano.

O objetivo do projeto é despertar o interesse das crianças e jovens para a “grande tela”, principalmente podendo serem iniciados para o campo da animação, visto que Alexandre Martins é responsável pelo único estúdio especializado em São Gonçalo.

Alexandre Martins, presidente da SAL, Frederico Carvalho e Irmã Deise.

Todos os temas elencados serão voltados para os objetivos educacionais e formativos do Colégio Nossa Senhora das Dores, dando ênfase, também, às artes.

Segundo a direção do colégio, outros projetos já se encontram em fase de estudo de viabilidade, mas dois já são dados como certos: uma parceria com o Projeto de Reflorestamento do Morro da Matriz de São Gonçalo, visando a consciência ecológica. O segundo é a abertura histórica do acervo documental e fotográfico do Colégio desde o seu início, abrindo mais informações para documentar a história de São Gonçalo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *