Mural de Recados

Escreva a sua mensagem

 
 
 
 
 
 
 
O papo é livre, mas o linguajar deve ser responsável.
Por favor, use com respeito
20 entries.
Rebecca Rebecca desde Neves, São Gonçalo escrito em 18 de agosto de 2017:
Sou ex-aluna do Colégio Estadual Santos Dias e venho compartilha relatos de uma atual aluna:
"A 3 meses atrás informei que o Hospital Nossa Senhora das Neves (Rua Marechal Floriano Peixoto, Neves) está abandonado, falido e foi sucateado e ainda está abrigando usuários de drogas, que utilizam alguns materiais médicos que ainda estão no Hospital. Com isso os moradores, os funcionários, os alunos e todos que passavam por ali temiam que algo os acontecesse.
Ontem dia 17 de agosto meu Colégio que é ao lado do Hospital foi invadido, sim, os usuários de drogas invadiram o Colégio, arrombaram o cadeado. Sendo assim levaram panelas e todos os objetos possíveis que fossem metálicos, além disso ainda levaram nosso alimento, levaram 25kg de carne o que daria para nós o mês todo. Agora eu lhe pergunto um Colégio que é Público e integral, como faz pra alimentar os alunos?
A situação é de revolta!
Daí vocês se perguntam "Porque ainda não denunciaram?" E eu lhes respondo nós denunciamos tanto nós alunos quanto moradores, não adianta. Sabe por que? A propriedade é privada, sendo assim só quem pode recorrer é o dono, a quem já nós comunicamos e não está nem aí para o que está acontecendo pois já recebeu o seguro, por ele tanto fez e tanto faz.
Peço que compartilhem, para que mostremos como Neves está a Deus dará. Se conhece alguém da Prefeitura ou seja lá o que for, que possa nós ajudar a resolver esse descaso, agradecemos desde já!"


Ignêz Ignêz desde São Gonçalo escrito em 3 de Abril de 2017:
Boa tarde,

Gostaria de saber se a Prefeitura de São Gonçalo, ou seja, a parte de Secretaria de Transportes estão também com alguma proposta de colocar Ar condicionado nos ônibus, uma vez que a passagem também é semelhante a de Niterói?

Por que não em São Gonçalo? Infelizmente aqui na cidade nós temos um monstrengo chamado Consórcio São Gonçalo de Transportes, criado por força de lei em 2012 pela ex-prefeita Aparecida Panisset.
A lei 425/2012 cria, na prática, um monopólio das empresas sem nenhuma contrapartida ao município e aos munícipes. O Consórcio foi empurrado goela abaixo dos gonçalenses sem qualquer debate sobre mobilidade e posteriores formas de fiscalização dos serviços oferecidos, contrariando o próprio Plano Diretor da cidade publicado em 2010.
Diferentemente do que ocorre em Niterói, São Gonçalo não possui um trabalho de interlocução continuado de mobilidade com o setor privado, papel exercido pela Nittrans na cidade vizinha. O loteamento político e a ausência de um corpo técnico especializado na Secretaria de Transportes inviabiliza qualquer tipo de avanço na área.
A inércia do poder público facilita todo o tipo de transgressões e estimula os instintos mais selvagens do capitalismo no empresariado de transportes coletivos. Ônibus despadronizados, velhos e quentes são regra numa terra sem lei, maximizando os lucros em detrimento de um bom serviço prestado. As diretrizes do Plano Diretor visando 'conforto e segurança' dos usuários são letra morta, infelizmente.
O que fazer frente a esta dura realidade? Conhecer e implantar aqui a experiência niteroiense seria um bom começo.
O que o nosso Prefeito pode nos ajudar com isso?
LUCIANO ( Ô CARDOSO ) LUCIANO ( Ô CARDOSO ) desde APOLO escrito em 6 de Março de 2017:
O TRANSPORTE PÚBLICO DE SÃO GONÇALO É O MAIS CARO DO RJ SERÁ QUE É PARA CONTINUAR A ABASTECER POLÍTICOS DA CIDADE, O FAMOSO CALA-BOCA DAS EMPRESAS ( CAIXA 2 DE CAMPANHA POLÍTICA ) E NESTE ASSUNTO SOU EU Ô BANANA EX TRANSPORTE-ALTERNATIVO QUE COMPROU UM MICRO-ÔNIBUS E POIS PARA FAZER APOLO X ALCANTARA NA PASSAGEM SOCIAL Á R$ 1,50 E DEPOIS Á R$ 2,10 E SOU EU QUE NESTA HISTORIA CONTINUO SENDO Ô BANANA DO APOLO TÁ BOM.
José Jeronimo Sobrinho José Jeronimo Sobrinho desde São Gonçalo (RJ) escrito em 12 de Fevereiro de 2017:
CHEGA DE HIPOCRISIA
Tudo começou bem lá atrás, com o tal do mensalão e, logicamente, a tendência foi piorar cada vez mais pois, como se sabe, a maioria que continua mandando no país é remanescente de tudo de ruim que já estava enraizado no pais. Falar em golpe para tentar encobrir a podridão que existia não passa de falácia. É falta de argumento sólido, sem conteúdo e condições de defender ou discutir o tal do óbvio ululante, como diria o saudoso Nelson Rodrigues. Certas pessoas precisam acordar e deixar a hipocrisia de lado. O Brasil, com essa cambada que anda espalhada pelo Congresso & Cia precisa ser dissipada de uma vez por todas. Caso contrário a tendência é o buraco afundar cada vez mais. Essa é a grande verdade, o resto é conversa fiada. A única preocupação dos caras é a blindagem, o povo que se exploda.
Andrea Pinheiro Andrea Pinheiro desde São Gonçalo escrito em 4 de Fevereiro de 2017:
Bom dia a todos!
Estou assistindo a entrevista do Vereador Salvador, que pena ficou sem áudio!?
José Jeronimo Sobrinho José Jeronimo Sobrinho desde São Gonçalo (RJ) escrito em 29 de dezembro de 2016:
Até de forma muito espontânea, não tenho como não elogiar o trabalho ora desenvolvido por uma pessoa pela qual tenho o mais alto respeito e consideração. Num momento em que a mídia gonçalense caminhava para um total esvaziamento, pois com a perda do Nosso Jornal e alguns outros órgãos da nossa imprensa - eis que surge, esbanjando coragem e tenacidade, o professor, comunicador e empresário, Frederico Carvalho - com a sua TV Ponto de Vista - hoje considerada a principal Porta Voz de tantos quantos almejam uma imprensa livre, sadia, imparcial e honesta no seio dos que gostam do que é bom. Frederico Carvalho é o cara e, por isso mesmo, recebe os meus parabéns. Que sirva de exemplo para outros.
Frederico Carvalho Frederico Carvalho desde São Gonçalo escrito em 17 de dezembro de 2016:
Muito bom o programa "Bom dia, São Gonçalo" deste sábado (17).

Parabéns aos debatedores. Parabéns ao futuro Secretário Diego São Paio.
Frederico Frederico escrito em 16 de dezembro de 2016:
Frederico Frederico escrito em 16 de dezembro de 2016:
Não sabia, Agliberto.
Agliberto Mendes Agliberto Mendes desde São Gonçalo escrito em 16 de dezembro de 2016:
O Governo Temer acabou.
O ex Ministro Nelson Jobim cotado para ser o Presidente, eleição indireta.
FHC, sondado, recusou.
Marina defende mudar as normas, para fazer eleição direta.
Blog do Vovozinho Blog do Vovozinho desde SÃO GONÇALO escrito em 10 de dezembro de 2016:
Bom dia, galera. O almoço em benefício do Abrigo Cristo Redentor, promovido pelo grupo " Vamos dar as mãos", foi um retumbante sucesso, Parabéns, Gonçalenses, nada ainda está perdido, o bem ainda está no controle.
José Jeronimo Sobrinho José Jeronimo Sobrinho desde São Gonçalo (RJ) escrito em 27 de novembro de 2016:
O Estado do Rio de Janeiro, através do seu desgoverno, abriu mão de mais de 160 bilhões em ICMS - de 2009 a 2015. Sinal de que estava nadando em dinheiro, não é verdade? Ora, por quê o servidor - aquele que sempre come o pão que o diabo amassou - é quem tem que arcar com essa responsabilidade?
Frederico Carvalho Frederico Carvalho desde São Gonçalo escrito em 13 de novembro de 2016:
Chuvas causando problemas na região serrana. Temos notícias de que em Teresópolis há muitos deslizamentos de encostas, tipo 2010. Fiquemos atentos.
Sérgio Toledo Sérgio Toledo desde Porto da Pedra escrito em 12 de novembro de 2016:
Abraço em todos

As redes sociais.. São problemas a longo prazo..criam idéias e momentos difíceis e imagens distorcidas.
Vitor Paulo Matias Vitor Paulo Matias desde Marambaia escrito em 11 de novembro de 2016:
Como é bom pisar um solo fértil.

9 comentários em “Mural de Recados

  • 6 de agosto de 2016 em 16:53
    Permalink

    Faleceu neste sábado (6), no horário matutino, o jornalista Cezar Mattos, ex-presidente do Jornal “O São Gonçalo”.
    Realmente uma perda irreparável para cidade, para o jornalismo e para os amigos.

    Resposta
  • 12 de novembro de 2016 em 22:50
    Permalink

    Meus amigos,
    houve troca de comando no 7º BPM, saiu Samir e entrou Ruy França, e n~´ao li no jornal O Sâo Gonçalo nenhuma informação se o fantasma de Maricá e o prefeito eleito Zé Luiz Nanci estiveram presente.
    Falha do jornal ou estou enganado?
    Pereirinha

    Resposta
    • 13 de novembro de 2016 em 10:53
      Permalink

      Está, Pereira.
      José Luiz Nanci esteve lá.

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 16:58
    Permalink

    Bem, Fred.
    O jornal não publicou a presença do prefeito eleito. A presença dele na solenidade foi importante, pois mostra o respeito que Zé Luiz Nanci tem para com a briosa PM e seus integrantes; mostra também que ele quer ter um bom relacionamento com essa força policial para garantir a segurança dos cidadãos gonçalenses.
    Pereirinha

    Resposta
  • 17 de novembro de 2016 em 08:03
    Permalink

    Bem, meus amigos e deste Mural,
    as investigações em torno de maus procedimentos, comportamento errático na condução das coisas públicas, sejam na União, nos estados e nos municípios, devem ser feitas com rigor e lisura.
    A prisão dos ex-governadores Anthony Garotinho e Sérgio Cabral, além de secretários deste último, é resultado das investigações e deve contribuir para amplas reflexões. Os dois, que conduziram o destino do nosso estado, em épocas diferentes, ganharam uma oportunidade de ouro para se explicarem e se defenderem das acusações.
    Garotinho e Cabral podem, inclusive, refletir sobre a possibilidade de delações premiadas e levarem juntos pessoas que, no desempenho de cargos públicos, tiveram desvio de conduto e os obrigaram, se for o caso, a entrarem por vereadas perigosas. Agindo dessa maneira, procurando corrigir ações que deveriam ter evitado, podem até resgatar a dignidade perdida.
    Pereirinha

    Resposta
  • 18 de novembro de 2016 em 10:18
    Permalink

    Olá, companheiros!
    Leiam a coluna Decisões Econômicas, desta sexta, dia 18, na edição digital do jornal Monitor Econômico, assinada por mim e pelo companheiro Ronaldo Ferraz, do jornal Metrô Car, do qual sou editor.
    Pereirinha

    Resposta
    • 18 de novembro de 2016 em 10:19
      Permalink

      Desculpem,
      estou ficando gagá. O Jornal é Monitor Mercantil, e não econômico.
      Pereirinha

      Resposta
  • 3 de Abril de 2017 em 15:38
    Permalink

    Boa tarde,

    Gostaria de saber se a Prefeitura de São Gonçalo, ou seja, a parte de Secretaria de Transportes estão também com alguma proposta de colocar Ar condicionado nos ônibus, uma vez que a passagem também é semelhante a de Niterói?

    Por que não em São Gonçalo? Infelizmente aqui na cidade nós temos um monstrengo chamado Consórcio São Gonçalo de Transportes, criado por força de lei em 2012 pela ex-prefeita Aparecida Panisset.
    A lei 425/2012 cria, na prática, um monopólio das empresas sem nenhuma contrapartida ao município e aos munícipes. O Consórcio foi empurrado goela abaixo dos gonçalenses sem qualquer debate sobre mobilidade e posteriores formas de fiscalização dos serviços oferecidos, contrariando o próprio Plano Diretor da cidade publicado em 2010.
    Diferentemente do que ocorre em Niterói, São Gonçalo não possui um trabalho de interlocução continuado de mobilidade com o setor privado, papel exercido pela Nittrans na cidade vizinha. O loteamento político e a ausência de um corpo técnico especializado na Secretaria de Transportes inviabiliza qualquer tipo de avanço na área.
    A inércia do poder público facilita todo o tipo de transgressões e estimula os instintos mais selvagens do capitalismo no empresariado de transportes coletivos. Ônibus despadronizados, velhos e quentes são regra numa terra sem lei, maximizando os lucros em detrimento de um bom serviço prestado. As diretrizes do Plano Diretor visando ‘conforto e segurança’ dos usuários são letra morta, infelizmente.
    O que fazer frente a esta dura realidade? Conhecer e implantar aqui a experiência niteroiense seria um bom começo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *