O Povo é sábio e decidido

  • por

A ninguém que exerça o poder político de uma nação, de um estado ou de um município é dado o direito de exercê-lo com base na mentira e na dissimulação.

Os resultados das urnas nesse primeiro turno das eleições municipais apontaram claramente para essa verdade dita no começo deste artigo.

Em dois ou três momentos, a TV Ponto de Vista, sob o comando do comunicador e professor Frederico Carvalho, procurou esclarecer o povo sobre o ambiente nebuloso do processo eleitoral.

Num primeiro momento, a TV Ponto de Vista colocou à disposição dos ouvintes e telespectadores uma pesquisa sobre os postulantes ao cargo de prefeito. Num outro momento, convidou os pré-candidatos a discutirem, isoladamente, suas propostas de governo com os participantes do programa “Bom Dia São Gonçalo”, aos sábados, ex-prefeito e ex-deputado federal Osmar Leitão Rosa, Rujany Martins, Altair Silva e Pereira da Silva, Pereirinha.

Nesses dois momentos políticos ficou claro que o povo ainda não tinha feito a sua escolha, mas que estava de olhos abertos. Sem sofisma e tergiversação, o povo queria saber mais para decidir nas urnas.

Acompanhamos nesse domingo, 2 de outubro, do estúdio da TV Ponto de Vista, eu, Osmar Leitão Rosa, Rujany Martins, Jota Sobrinho e Frederico Carvalho, a abertura das urnas, a partir das 17h e até o encerramento da apuração, pouco antes das 20 horas, e fomos surpreendidos com a ida de Dejorge Patrício ao 2º turno, que será realizado dia 30 deste mês, e a assombrosa renovação imposta pelo eleitor à Câmara de Vereadores.

Nada indicava, durante a campanha, que o vereador Dejorge pudesse abater o fantasma de Maricá, a não ser o fato dele ser ungido pela Igreja Universal do Reino de Deus, do “bispo” Edir Macedo. Quanto ao deputado estadual José Luiz Nanci, nele venceram a humildade e a coragem.

A apuração foi rápida e estonteante. Ficou claro, ao longo da apuração, que Zé Luiz tinha votação consolidada e foi uma demonstração de confiança do eleitor num filho da terra.

Com esse resultado no 1º turno, seja qual for o do 2º, os moradores de São Gonçalo disseram que não aceitam mais serem governados por fantasma e não aceitam estrangeiros oportunistas. As alianças espúrias também foram condenadas.

O deputado estadual José Luiz Nanci, por exemplo, não aceitou fazer parte de uma administração que mentia ao povo e também não aceitou fazer uma aliança que o povo repudiaria, daí sua decisão de ser candidato a prefeito sustentado na humildade, na sinceridade e na esperança.

O 2º turno é outra eleição, mas como candidato não rejeita apoio, e pode até pedir; nada contra quem pense na recuperação moral e na dignidade públicas que ofereça sua influência político-eleitoral para ajudar a soerguer São Gonçalo, devolvendo-lhe a possibilidade de recuperar o tempo perdido.

___________________________________________________

* Pereirinha é secretário da União dos Jornalistas e Comunicadores de  São Gonçalo (UNIJOR), editor do jornal Metrô Car, colunista dos jornais Monitor Mercantil (Rio) e Jornal de Hoje (Nova Iguaçu) e participante do Programa “Bom Dia São Gonçalo” da TV Ponto de Vista.
     

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *